Energia gerada pelas marés avança no País de Gales

swansea-bay-tidal-lagoon-cutaway_largeA baía de Swansea, na costa do País de Gales, que já foi um importante porto do Império Britânico, avança rapidamente em um projeto para gerar energia a partir da força das marés.

O princípio básico para essa tecnologia não é novo. Desde a idade média já se usava o movimento das marés através de moinhos, que funcionavam utilizando-se da variação nos níveis da água. As estruturas modernamente projetadas lembram, em aparência, uma marina, e utilizam turbinas para serem acionadas pela vazão da água.

Grupos ambientalistas defendem essa tecnologia como uma forma de gerar energia com mínimo impacto à vida selvagem e aos habitats naturais. Além da baixa emissão de carbono, esse tipo de estrutura é muito menos prejudicial ao meio ambiente do que as barragens – outra forma de gerar energia a partir do movimento das águas.

Para saber mais, acesse o artigo original no ZeitNews.

O site dispõe de opção de tradução automática (veja na barra superior da página).

Continue acompanhando os conteúdos do ZeitNews aqui no MZBlog.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>