Moralidade e Ética – Parte 2

          *Parte 2 de 3 da tradução parcial do artigo ‘Morality and Ethics‘ escrito por Tio*

Para ler a parte 1, clique aqui.

Para ler a parte 2, clique aqui.

Para ler a parte 3, clique aqui.

PRESENTE

Olhando para todo o sofrimento humano, os rituais  estranhos e grotescos, e as ideias ridículas de justiça, é bom que nós eventualmente tenhamos superado tudo isso e agora tudo é finalmente moral e ético… ..Ok, espere um segundo!

Hoje, 30-35% dos países ainda praticam ativamente a pena de morte – 60% da população mundial vive em países onde execuções ocorrem.

Em 2013, 18.000 pessoas perderam a vida em ataques terroristas; de 2000 a 2011 cerca de 1 milhão de pessoas foram mortas em conflitos oficiais em todo o mundo, e como sugere este artigo, sabe-se lá quantos mais não foram relatadas.

A circuncisão ainda é praticada, juntamente com métodos de tortura que parecem retratados dos tempos medievais, além de muitas outras formas antigas de pensamento que ainda são predominantes na cultura de hoje.

Pegue como exemplo o Holodomor de 1932-1933, a  maior fome do mundo.

Dez milhões de pessoas morreram porque as criaturas bem posicionadas daquela época acharam que seria ok exportar 1,8 milhões de toneladas de grãos durante a fome em massa (o suficiente para alimentar mais de cinco milhões de pessoas por um ano), além de impedir ativamente a migração de áreas atingidas pela fome (que pode ter custado cerca de 150.000 vidas), ao mesmo tempo, não fazendo nenhum esforço para manter ofertas de assistência de grãos do exterior (o que causou cerca de 1,5 milhões de mortes em excesso), bem como a atitude do regime stalinista (que muitos dos que estavam morrendo de fome eram “contra-revolucionários”, “ociosos” ou “ladrões”, que mereciam seu destino).

pobrezaIsso é um ato surpreendente de violência, mas olhe para a nossa situação hoje: quase 1 bilhão de pessoas estão morrendo de fome; 3,1 milhões de crianças morrem a cada ano por causa disso, e isso é só contando as crianças. Além disso, uma a cada quatro crianças do mundo está atrofiada (o que acontece com o cérebro e corpo de uma criança quando elas não recebem a quantidade certa de alimentos ou nutrientes em seus primeiros mil dias de vida).

Uma criança atrofiada é muitas vezes centímetros mais curta do que um criança que teve alimentos corretos suficientes. O sistema imunológico também é mais fraco, deixando-a mais vulnerável ​​à doenças. Eles têm cinco vezes mais chance de morrer de diarreia.

Mais do que isso, se as mulheres agricultoras tivessem o mesmo acesso aos recursos relevantes, mercados e serviços –  como os homens – o número de famintos no mundo poderia ser reduzido em até 150 milhões. Então você vê que a discriminação contra a mulher revela-se novamente.

Tudo isso apesar do fato de que o mundo produz alimentos mais do que suficientes para alimentar a todos. A agricultura mundial produz 17% mais calorias por pessoa hoje do que há 30 anos, apesar da população ter aumentado em 70%. Isso é suficiente para fornecer todos no mundo com pelo menos 2.720 kcal por pessoa por dia.

Portanto, em nossa sociedade atual, há uma Holodomor a cada 2-3 anos. Qual é a diferença entre pensar que as pessoas são “contra-revolucionárias”, “ociosas”, ou “ladras”, como pensava Stalin, contra o pensamento de hoje de que as pessoas não têm poder de compra, então está tudo bem elas não terem alimento e eventualmente, morrerem?

Mais do que isso, embora ainda existam 10 milhões de pessoas ou mais nas prisões hoje em todo o mundo, eles são tratados melhor do que moradores de rua. Na verdade, uma ideia recente para ‘se livrar’ de moradores de rua é colocar ‘pregos’ em lugares que eles normalmente se reúnem, como fazemos para prevenir pombos de fazerem cocô em cercas.

Eles ainda vão a extremos com leis que tornam ilegal para qualquer um ‘alimentar’ ou prestar qualquer serviço ao sem-teto. Falando de leis, existem atualmente tantas leis que eu aposto que ninguém sequer sabe 1% delas. Provavelmente existe uma lei aplicável para qualquer coisa que você possa imaginar.

Você pode facilmente violar a lei e ainda não ter nenhuma ideia disso. Se você tem mais vidas do que uma para gastar, você pode verificar todas elas no Wikipedia.

Há uma lei em Atlanta informando que você não pode deixar seu pêlos pubianos crescer mais de 6 polegadas (15 cm); em Honolulu é ilegal cantar alto na rua depois do sol se pôr; no Kentucky uma mulher não pode aparecer em trajes de banho em qualquer estrada dentro do estado; em Nova Orleans o código de fogo proíbe xingar bombeiros enquanto eles estão no desempenho de suas funções.

Mesmo que algumas leis não possam ser devidamente verificadas, todos nós conhecemos a estupidez deste sistema. Se você sair para caminhar nu, você provavelmente será preso. Se você tentar gravar (videotape) alguns lugares do mundo como edifícios, paisagens, pessoas, mais uma vez, você pode ser preso. Usar certas palavras, certos tipos de roupas, exibir certas atitudes, expressões faciais ou sinais, também colocar você em problemas reais neste mundo.

Quando eu olhei para as leis antigas, eu pensei comigo mesmo “que espécies burras e primitivas”, mas agora olhando para os dias de hoje, eu estou horrorizado em ver que nada mudou significativamente.

ritualOs “rituais” parecem estar aqui para ficar. Eu participei de alguns funerais na Romênia (a tribo de onde venho) e todos eles são grotescos.

Eles deixam os mortos dentro de casa por alguns dias e toda a família (crianças incluídas) tem que ficar no mesmo quarto com a pessoa morta, expondo-se a riscos potenciais à saúde. Depois, eles pegam a pessoa morta (que está vestida com roupas personalizadas, maquiagem e tudo) e andam com ela pela cidade, buzinando o caminho todo.

Eles utilizam um grande carro para transportar a pessoa morta, bloqueando todo o tráfego com este ritual. Eles também andam muito lentamente, enquanto jogam dinheiro para as pessoas por trás do carro (não tenho ideia do porquê). Então eles colocam os mortos em um buraco e o cobrem com terra. Nesse meio tempo, eles têm que passar uma galinha viva em cima do buraco e depois matá-la. Quando tudo isto é feito, eles não podem esperar para ir para o “after party”, que é uma festa cheia de alimentos e bebidas.

Essas pessoas estão mais interessadas em organizar esses eventos do que no fato de que um ser humano acabou de morrer.

Na verdade, existem milhares de rituais fúnebres em todo o mundo. Cada um mais grotesco do que o outro.

Gostaria de sugerir que você visite alguns sites como theync.com, onde eles não censuram nenhum vídeo que postam, e observe a crueldade humana dos tempos atuais que não é mostrada na TV, para mais exemplos de atos em nome da “moralidade”.

No entanto, mesmo as pessoas que criam lugares digitais como TheYNC não são isentas da influência “ética” da cultura atual. Eu visito esse site de vez em quando para obter material cerebral para uma melhor compreensão do comportamento humano, e eu me lembro que uma vez eles tinham um enorme banner em sua página principal dizendo que uma foto de uma criança nua havia sido removida por causa de questões jurídicas, e que eles não permitem que os usuários postem qualquer nudez de criança em fotos ou vídeos, porque isso é imoral.

Eu estava pensando … Bem, eles postam crianças decapitadas, crianças abusadas (não abusadas sexualmente – eu acho que isso pode ser considerado como pornografia infantil), homens e mulheres de todas as idades sendo cruelmente espancados, feridos ou mortos … Mas eles acham a foto de um ser humano nu  “errado”?

Isso tem muito a dizer sobre a nossa cultura. É ok mostrar uma criança decapitada em seu site, apenas certifique-se que ele/ela esteja trajando suas calças.

Falando em nudez, há um novo perigo entre os adolescentes em nossos dias modernos. É chamado “sexting” e é ilegal em muitas partes do mundo. O ato violento que esses seres humanos estão cometendo é tirar fotos nuas de si mesmos e enviá-las para outros humanos.

O cara estava “chateado” porque sua namorada terminou com ele, então ele mandou um imagem dela nua para todos em sua lista de contatos. Isto foi considerado um ato tão ruim que ele tem de servir cinco anos de liberdade condicional pelo crime, e agora ele está registrado como um “agressor sexual”  – rótulo que ele deve carregar, pelo menos, até os 43 anos. Tais “atos de violência” não existiriam em uma cultura na qual “sexo” e “nudez” não fossem um assunto tabu. Hoje, você pode ser fortemente multado até se você assistir a outras pessoas nuas ou acasalando. Eu me pergunto se isso se aplica aos animais ou só humanos…

Afinal de contas, se você tem  12 anos você pode assistir Steven Seagal matar mais de 55 pessoas em um único filme, mas não se atreva a tentar assistir filmes mostrando seios descobertos.

matrixHá tantos filmes sobre assassinos, crimes e violência; muitos são aplaudidos por pessoas, muitos até ganham um Oscar. Superman, Homem-Aranha, e todos estes supostos ‘super-heróis’ tem licença para matar, bem como de ser violento em desenhos animados, mas, novamente, por favor, mantenha esse ‘imundo’ corpo humano nu e essas atividades “horríveis”, “não-naturais” e “indecentes” que alguém está fazendo com essa “coisa”.

Outra coisa fascinante sobre essa cultura atual é que ela proíbe e desfoca muitos sinais como “mostrar o dedo do meio ‘, que supostamente significa ‘ódio’ ou ‘raiva’, mas uma arma não é proibida ou desfocada em filmes ou fotos. Armas significam essencialmente o assassinato pretendido de outros seres humanos, já que a maioria das armas é projetada especificamente para isso (não há mais necessidade de caçar).adele-middle-finger

Se você assistir Mythbusters, um programa de TV muito popular, você vai ver que eles não veem nenhum problema em fazer episódios que envolvem armas ou antigos métodos de tortura (ou outros tipos de violência), mas eles desfocam cada palavra “má” que usam ou qualquer sinal “ofensivo”.

E isso é para ser um programa de família.

No entanto, há um episódio particular (episódio 06×16) que eu acho altamente representativo da sociedade em que vivemos: nesse episódio eles testam para ver se um chapéu com aba de metal pode decapitar um ser humano.

Uma vez que não podiam usar seres humanos para testar esse mito, eles usaram estátuas. Entretanto, se o Mythbusters fosse um programa de TV há alguns cem anos atrás (assumindo que eles tivessem TV na época), eu não acho que eles teriam visto qualquer problema com o uso de um humano para testar este mito.

Ok, então eles pegam algumas estátuas para o experimento, mas uma delas tinha um par de seios nus abaixo do pescoço. Eles ficaram tão envergonhados que um dos apresentadores até fez um sutiã para cobrir ‘aquelas coisas’. Logo depois que eles cobriram os seios, eles começaram a atirar chapéus letais para decapitar a estátua. Eles não viram nenhum problema com isso. Mostrar estátuas (substitutas para seres humanos reais) sendo decapitadas é ok, desde que não haja seios à vista.manequim

Se você procurar no Google a palavra ‘foder’ ou ‘preto’, você não terá sugestões, mas se você procurar “matar” ou “assassinato”, você vai ter muitas delas. Se você procurar no YouTube por “mulheres que peidam” você receberá uma mensagem em muitos vídeos dizendo “Este vídeo pode ser impróprio para alguns usuários.” No entanto, se você procurar por “mulheres que matam” você pode assistir a documentários completos sobre mulheres que matam sem qualquer mensagem de aviso do YouTube. Parece que peidar é mais antiético (ou talvez mais mortal?) do que matar.

Hoje, você pode ser preso mesmo se você apenas ler algum conteúdo online que é considerado ilegal. Em outras palavras, se você propagar ‘informação’ você pode ser acusado e talvez colocado na cadeia. Se isso não soa como uma sociedade doente para você, então eu não posso imaginar o que uma sociedade doente pode parecer para você.

Assim como as guerras são anunciados e apoiadas por muitas pessoas, as drogas também são legais, e até mesmo extremamente ‘cool’ enquanto não são consideradas ilegais.

mulher-fuma-na-gravidezO álcool e o tabaco, dois dos mais amplamente usados, são vendidos em lojas de todo o mundo, e embora a publicidade de cigarros seja proibida agora em muitos países (que era uma normalidade há apenas alguns anos atrás), o álcool ainda continua forte na publicidade. Eu estava em um supermercado esses dias e percebi que eles não têm nenhum outro corredor maior e com mais diversidade exposta do que o do álcool. Se você quer chocolate você pode encontrar talvez 15 tipos, mas se você quer álcool existem, pelo menos, 50 tipos e uma seção completa da loja dedicada a eles.

Na verdade, todo o sistema de dinheiro é um sistema de presas e predadores: as pessoas estão fazendo dinheiro com o sofrimento dos outros; as pessoas estão se tornando excessivamente competitivas e egocêntricas, sem levar em conta o ambiente quando elas agem; e quanto à  estratificação social: as 66 pessoas mais ricas do mundo têm tanta riqueza quanto as 3,5 bilhões mais pobres (fonte). Eu acho que isso diz tudo.

Pior de tudo, todos os seres humanos são escravizados de uma forma ou de outra para participar do jogo do sistema monetário. Se eles escolhem que não querem participar, então como eles vão sobreviver? Só um fato adicional: cerca de um milhão de pessoas cometem suicídio a cada ano no mundo de hoje. Se este é um mundo tão maravilhoso, por que esses números são tão altos?

Mais uma pergunta e mais um exemplo, então podemos tentar encontrar uma compreensão científica dessas ideias.

O que você acha dos casamentos arranjados? Esta é uma tradição na qual duas pessoas são escolhidas por uma terceira para se casarem. Em outras palavras, você será forçado a se casar com alguém que outros escolheram para você, e você pode até não chegar a conhecer essa pessoa antes do casamento. É praticado em vários países hoje e ao que parece, sem surpresa nenhuma, as crianças estão sofrendo por causa disso.

Se você concorda que esta não é uma coisa moral a se fazer, então o que você acha de mandar crianças para a escola?

Sem pensar duas vezes, a maioria dos pais de hoje enviam seus filhos para tais instituições por muitos e muitos anos (12, 15 ou mais). Por todos os fatos científicos, apoiados por Sir Ken Robinson, Alfie Kohn, e Sugata Mitra, que fez muitas experiências e analisou sistemas escolares, a escola não é apenas ineficaz em ensinar alguma coisa, mas também destrói a curiosidade das crianças e pode prejudicá-las fisicamente devido ao calendário escolar estrito (acordar cedo,lição excessiva, stress, etc).

Imagine o seguinte: você compra um filhote de cachorro – bonito, fofo, brincalhão. Você colocaria este cão pelos próximos 10 anos em uma instituição de treinamento de cachorros? Imagine acordar na parte da manhã, levar o seu cão para o IESC (Instituto de Educação Superior para Cães), e em seguida, buscar o cão no final da tarde. Agora o cão está cansado do treinamento, você está cansado do trabalho, e você no máximo só brinca um pouco com o cão e lhe dá uma recompensa. Às vezes, você pede para ele fazer alguns truques que ele aprendeu no IESC e depois vocês dois vão dormir. Imagine não ter tempo nem para uma caminhada. Você não diria: qual é o ponto de ter um cão se na maior parte do tempo eu nem o vejo?criança

Algo para se pensar: muitas pessoas não fariam a um cão o que elas estão fazendo com seus filhos…

Eu espero que você entenda o ponto de tudo isso e considere que o que você  pensa como sendo “moral”  hoje  pode na verdade ser o oposto. Isso é um erro que as pessoas têm feito em toda a história humana e, como eu o vejo, é o mesmo erro que ainda estão fazendo hoje:  projetar o que elas pensam (o que foram ensinados a acreditar) como moral, sem uma forte compreensão científica do comportamento humano e do meio ambiente.

Deixe-me tentar resumir um pouco porque este artigo foi enorme: seres humanos, talvez desde o tempo que podemos chamá-los de “humanos”, têm agido de várias maneiras que eles interpretaram como “boas” ou “ruins”. Este foi tanto um processo coletivo quanto individual. Em todo caso, a percepção do indivíduo era única em seus detalhes, o que significa que mesmo se houvesse um entendimento comum de “bom” e “mal” entre muitos grupos de pessoas, os indivíduos tinham que ter sua própria interpretação de qualquer uma dessas noções porque os seres humanos são moldados pelo ambiente e eles têm cérebros únicos.

Enquanto você lê, estes valores mudam significativamente muitas vezes, flutuando no que diz respeito ao período de tempo e a cultura circundante. Sobretudo, os seres humanos têm tentado impor esses ideais em cima de sua própria espécie, muitas vezes através da violência, outras vezes por regras, rituais, e até mesmo por estratificação social.

Não há “um caminho” para ser moral ou ético. Tudo depende da cultura e das circunstâncias.

——————————————————————–

Para ler a primeira parte do artigo, clique aqui. 

Para ler o artigo original na íntegra da revista do “The Venus Project” , clique aqui (páginas 24 a 77).

Salvar

You may also like...

2 Responses

  1. Ricardo disse:

    Gostei muito, obrigado por compartilhar, gostei do seu site, Abraço!

  2. Joana disse:

    O sistema educacional não prepara o aluno para a vida real. Porque não é ensinado sobre dinheiro nas escolas, empreendedorismo. Porque não incentivar as crianças a seguirem os seus sonhos ao invés de silenciá-las?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>