O “Espírito do Tempo” personificado: Zygmunt Bauman

Por Claudio Próspero

Publicado originalmente em Internetocracia

Quadro 2

Sociólogo dono de uma vasta obra sobre temas contemporâneos, com destaque para o best-seller Amor líquido − fundamental para a compreensão das relações afetivas no mundo atual, Zygmunt Bauman desconstrói em [A riqueza de poucos beneficia todos nós?] a convicção de que a melhor maneira de ajudar os pobres a sair da miséria é permitir que os ricos fiquem cada vez mais ricos. Professor emérito das universidades de Varsóvia e Leeds, o polonês tem mais de trinta livros publicados no Brasil, com enorme sucesso de público.

Depois de décadas afirmando-se que o mercado seria responsável por corrigir as disparidades de renda entre pobres e ricos, pesquisas e estatísticas oficiais atestam justamente o contrário: os ricos estão cada vez mais ricos enquanto os pobres estão cada vez mais pobres.

Bauman analisa, uma a uma, as premissas que sustentam a ideia de que a riqueza de poucos beneficia todos nós, desvendando as falácias que se ocultam por trás dela. Ao mesmo tempo, de forma inesperada e sutil, ele mostra como o individualismo do mundo de consumo é a ideologia que justifica o enriquecimento sem freios dos já muito ricos, apresentando como estratégia de vida o modelo das celebridades.

Esta reflexão do mais influente pensador social de nosso tempo é indispensável para todos que querem compreender não só como operam e se disseminam as noções que orientam nosso comportamento social e econômico, mas também as políticas atualmente dominantes, que atribuem ao mercado a tarefa de corrigir tudo.

ZYGMUNT BAUMAN é grande pensador da modernidade, a qual qualificou tão bem com o célebre conceito de “liquidez”. Perspicaz analista dos fatos cotidianos, autor de mais de trinta livros, entre eles o best-seller Amor líquido, onde investiga de que forma nossas relações tornam-se cada vez mais “flexíveis”. Bauman nasceu na Polônia e mora na Inglaterra desde 1971

Sumário e trecho do livro podem ser lidos em aqui

Zygmunt Bauman no Fronteiras do Pensamento.

Leia sobre Capitalismo Parasitário (26 posts) aqui.

Zigmunt_Bauman_na_20_Forumi_vydavciv

________________________________________

Sugestões para Estudo

Nesta categoria são propostas sugestões de autores, livros, artigos e/ou sites que contribuam para a discussão de temas relacionados à linha de pensamento do Movimento Zeitgeist.

As sugestões não necessariamente são de pessoas alinhadas às ideias do MZ, e nem têm intenção de fazer propaganda e/ou promover produtos, indivíduos ou seus ideais – não havendo nenhuma forma de incentivo financeiro ou troca de favores para a divulgação.

As indicações aqui postadas têm o objetivo exclusivo de promover o debate e a difusão de ideias.

You may also like...

1 Response

  1. Alexandre disse:

    Na aula de Economia o professor disse que o mundo é muito, extremamente desigual, e que nunca os mais ricos tem problemas financeiros, sempre caem em cima dos mais pobres. Comentei sobre acabar com conceitos que são usados na Economia atualmente. Acho que já até comentei isso aqui antes.
    Mas é tão óbvio de ver, que “não podemos resolver os problemas com o mesmo modo de como os criamos”, então, esperar que o sistema resolva é uma grande “burrice” que o mundo faz.
    Depois que entrei na faculdade vi que o jeito mais eficaz de resolver os problemas seria acabar com o sistema atual, assim não teria isso de… Crise= Rico + ricos e pobres + pobres.
    Para que isso acontece é necessário uma coisa, que todo o sistema quebre…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>